Comprar fraldas – E agora?

Baby (1 year) with nappy on a baby change unit

 

Quando descobrimos que vamos ser mães, há sempre alguém que pergunta:
“O que precisam, para oferecer?”. No caso de gémeos (e não só), a resposta “fraldas” faz todo o sentido.
Acreditem!!!

Vão gastar centenas de fraldas, sobretudo nos primeiros tempos… Se todos os meses aumentarmos o stock de fraldas, no meio de tantos investimentos extra, a carteira vai agradecer quando os gémeos nascerem.
Em relação às fraldas, não tenho a mínima dúvida. Libero.

São as melhores fraldas para prematuro e para recém-nascido! Mesmo quando nascem com mais de 2 quilos. São pequenas e fantásticas. Para prematuros a vantagem é clara e indiscutível. Para bebés recém-nascidos com peso superior a dois quilos acaba por servir melhor do que as outras porque são mais estreitas. Ou seja, não temos que estar a ajustar e a dobrar a fralda para servir melhor ao bebé.
Vendem-se nas farmácias e também nas parafarmácias dos centros comerciais. Creio que nestas últimas o preço é capaz de ser mais apetecível.
Fraldas. Cerca de dez por dia por bebé. 10×2. Sete dias por semana… É fazer as contas!

Continue Reading

Barriga e as estrias – E agora?

A verdade é que se ouve mesmo muita coisa quando anunciamos ao mundo que vamos ter gémeos. MESMO. Meeeeesmoooo… Uma delas: “vais ficar uma bola!!!!!!”.

A outra: “vais ficar com algumas estrias na barriga…”
Enfim… Tudo coisas altamente simpáticas e perfeitas para se dizer a uma mulher que está duplamente hormonal. Mas calma… Isto pode não acontecer!!!!

Não aconteceu comigo. É a prova de que, de facto, tudo depende da genética mas, acima de tudo, de uma boa alimentação e de um bom creme.
Um chocolate de vez em quando não faz mal… Comer por sete quando, na verdade, só cá estão dentro dois também não faz mal… Mas isto só de vez em quando.
A verdade é que isto é válido para a vida toda, se quisermos manter um estilo saudável, e é essencial para os meses da gravidez.
É algo que vai ser dito e repetido pelas enfermeiras e pelo médico que vos vai acompanhar… Comer pouco e de forma regular, consciente. Muita, muita e ainda mais água.

Outro bem essencial nestes meses de gravidez – e igualmente essencial nos meses de amamentação – é o creme hidratante. É preciso pensar, experimentar e escolher cuidadosamente aquele que mais funciona na nossa pele.
No meu caso, depois de ter passado por vários, não tenho qualquer dúvida. O meu creme de eleição é um especial da Barral.

O preço ronda os 20 euros, o normal para um creme do género. A vantagem em relação aos outros cremes tem a ver com a duração. Colocava de manhã e muitas horas depois ainda sentia a hidratação. Recomendo.

Continue Reading

A preparação para o “Dia” – E agora?

Em todos os casos é sempre bom estarmos prevenidas. Mas, sobretudo quando se espera gémeos, preparar a mala de maternidade é coisinha para ser feita com alguma antecedência.
Fazendo ou não o curso de preparação para o parto, tentem preparar a vossa mala o quanto antes e deixem-na no carro. Deixa-vos margem para se preocuparem com outras coisas… E fica lá para o que der e vier. É bem possível que nasçam prematuros, e às vezes pregam-nos partidas!!

Continue Reading

Escolher uma espreguiçadeira – E agora?

IMG_0251

Antes de nascerem os gémeos há que equacionar fazer alguns investimentos. Este é um 2 em 1 que vale a pena. Uma cadeira que serve de espreguiçadeira e que acompanha o crescimento do bebé. Serve de cadeira da papa e, mais tarde, pode ser utilizada como cadeira normal, para se sentarem connosco à mesa durante as refeições.
Aqui em casa esta foi a escolha e recomendo.

Continue Reading

A notícia! E agora?

aa2

Descobrir que vamos ter gémeos é um 2 em 1, um misto de choque e de felicidade. 
A resposta ao “São gémeos. E agora????” torna-se muito rapidamente um “E agora, olha. Vamos lá.”
A bem da verdade, dobram também as dúvidas e as inseguranças. Será que vou ser capaz? Estarei pronta para ser mãe? E com dois, como vou tratar deles? Será que os vou distinguir? E se chorarem os dois ao mesmo tempo? Como é que eu pego nos dois? E vou ser capaz de dar atenção aos dois? E se nascerem antes e ficarem internados? Ah, e amamentar os dois? E vou ter que comprar dois berços!!!

 

Continue Reading